• Velcon

Como funciona a contabilidade nas micro, pequenas e médias empresas?



As micro, pequenas e médias empresas possuem grande importância para a economia do país, umas vez que a maioria dos negócios que operam no Brasil são constituídos dessa parcela. São essas empresas as responsáveis pela geração de emprego e riquezas, contribuindo significativamente para o aumento do PIB (Produto Interno Bruto). Apesar disso, muitas delas não contam com uma gestão eficaz, fato principal do encerramento das atividades logo nos primeiros anos. O motivo disso pode ser desconhecimento por falta do empresário, ou uma assessoria inadequada no serviço prestado pelos contadores. Pensando nisso, criamos esse post com o objetivo de esclarecer como funciona a contabilidade nas micro, pequenas e médias empresas. Confira:

Contabilidade gerencial

Contabilidade Gerencial nas Micros, Pequenas e Médias empresas

Muitos empresários não enxergam o trabalho da contabilidade como instrumento de orientação e apoio. O contador é visto apenas como a pessoa responsável por cuidar de toda a parte burocrática e obrigações rotineiras da empresa. A contabilidade gerencial, também conhecida como contabilidade de custos, pode (e deve) ser utilizada como ferramenta de apoio para o processo de tomada de decisão dos administradores que, baseados nas informações que a contabilidade repassa, são capazes de tomar decisões mais acertadas. A seguir mostraremos um pouco da importância da Contabilidade Gerencial em micro e pequenas empresas. Benefícios de se utilizar a Contabilidade Gerencial Existe uma série de benefícios que a sua empresa pode adquirir ao implantar a Contabilidade Gerencial. Dentre eles, a ajuda nos seguintes pontos:

  • Tomada de decisões estratégicas;

  • Previsão financeira;

  • Aumento da eficiência em todas as funções de gestão;

  • Fixação de um alvo e planejamento da melhor forma de atingi-lo;

  • Controle de custos de produção e controle de desperdício, aumentando assim o lucro da empresa.

Como mencionado anteriormente, ela pode ser utilizada como ferramenta para ajudar os gestores a tomarem as melhores decisões para a empresa, tudo isso pelo fato de que utiliza informações com a finalidade de projetar relatórios voltados ao futuro. Estes relatórios são confidenciais e limitam-se a ser utilizados somente pelo âmbito interno da empresa.

Fluxo de caixa e capital de giro nas micro, pequenas e médias empresas

Fluxo de Caixa nas Micro, Pequenas e Médias empresas

O fluxo de caixa é uma forma de prever, com uma determinada frequência, como ficará o saldo final da empresa nos próximos meses. Não pense que é apenas uma mera visualização de números. Lembre-se que a projeção do fluxo de caixa deve ser muito mais que um esquema de soma e subtração. É muito importante saber como fazer uma projeção do fluxo de caixa para ter ideia de que rumo a empresa está tomando e, caso necessário, tomar as medidas para solucionar possíveis problemas antes que fiquem fora de controle. Já o Capital de Giro pode ser entendido como a quantidade de dinheiro que a empresa precisa para operar regularmente. E este recurso financeiro está alocado nos estoque, nas contas a receber, no caixa ou na própria conta corrente da empresa. Um dos principais motivos declarados para o encerramento das atividades logo nos primeiros anos de operação é a falta de capital de giro. O que indica que há um desequilíbrio entre as contas de entrada e saída de recursos. Quando as finanças não estão alinhadas, uma série de problemas aparecem, como por exemplo: déficit nas contas, falta de capital para investimentos e a necessidade de empréstimos bancários. Um dos motivos para isso acontecer é que alguns empresários não fazem um planejamento financeiro adequado. O empreendedor deve estar bem atento a situações como essa, uma vez que vincular os recursos de longo prazo com recursos de curto prazo comprometem a perspectiva futura da empresa e, se não houver uma orientação adequada, é bem possível que essa empresa não resista.

O papel do contador

Contador nas Micros, Pequenas e Médias empresas

O contador é a pessoa que produz informações que afetam a empresa, os investimentos, os administradores, entre outros, sem agir em benefício de algum desses em específico. Para que o contabilista exerça a sua função como se espera, é fundamental que os administradores forneçam informações corretas. Assim, o profissional da contabilidade pode se focar em analisar as alternativas que melhores se aplicam a um determinado tipo de negócio. Servindo como um mentor para o empreendedor. E não apenas cuidar da burocracia. A contabilidade, quando munida de dados corretos, é a maior fonte de informações sobre o patrimônio de uma empresa, sobre investimentos e tomada de decisão dos administradores. Com o mercado cada vez mais competitivo, o empreendedor não pode simplesmente fazer decisões baseadas na experiência. Quando a contabilidade trabalha como deveria e possui as informações sobre a empresa, o contador tem condições de fornecer análises contábeis apropriadas para o negócio e funcionar como um instrumento de orientação, para que o administrador tenha uma base sólida na hora de tomar decisões que podem impactar no futuro da empresa. E então, você ainda tem alguma dúvida sobre a contabilidade nas micro, pequenas e médias empresas? Tem alguma dica para compartilhar? Deixe o seu comentário e continue de olho nas dicas do nosso blog! Se quiser, também pode entrar em contato conosco, que será um prazer ajudá-lo! Até a próxima!




https://bit.ly/3e5BBW0

20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo